IFPI divulga edital para cursos técnicos com 3.670 vagas

Os interessados podem se inscrever exclusivamente pela internet

Foi divulgado na terça-feira, 11, o edital do Exame Classificatório do Instituto Federal do Piauí (IFPI). O teste seleciona alunos para cursos técnicos e, nesta edição, tem 3.670 vagas distribuídas pelos municípios de Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Floriano, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina, Uruçuí e Valença. As oportunidades são para o primeiro semestre letivo de 2019. CONFIRA O EDITAL.

Os cursos técnicos do IFPI são gratuitos e ofertados em três formas: integrada ao ensino médio, para quem já concluiu ou esteja concluindo o ensino fundamental em 2018; concomitante, para quem vai cursar em 2019 o ensino médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo o ensino médio em 2018.

As opções de cursos com vagas abertas incluem áreas como Análises Clínicas, Segurança do Trabalho, Alimentos, Administração, Contabilidade, Edificações, Informática, Desenvolvimento de Sistemas, Instrumento Musical, Meio Ambiente, Agropecuária, Vestuário, Guia de Turismo, entre outras. Para Teresina, há dois cursos novos: técnico em Serviços Jurídicos e técnico em Cuidados de Idosos. Ambos são para candidatos que optarem pela forma subsequente.

Os interessados podem se inscrever exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico selecao.ifpi.edu.br, de 27 de setembro até as 23h59 do dia 18 de novembro (horário local). O pagamento da taxa de inscrição, no valor de 30 reais, pode ser feito até o dia 19 de novembro, apenas nas agências, caixas eletrônicos e correspondentes bancários do Banco do Brasil.

Nome social

Outra novidade dessa edição, é a possibilidade do candidato pedir o uso de nome social. Para fazer a solicitação, ele precisa preencher o requerimento específico, disponível no anexo V do edital, e dirigir-se, de 12 a 14 de setembro, ao Campus ao qual pretende concorrer levando os seguintes documentos: carteira de identificação de nome social, cópias de RG e CPF do candidato, e, caso seja menor de idade, autorização expressa e cópias de RG e CPF dos pais ou responsáveis legais.

Isenção da taxa de inscrição

Os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar isenção da taxa no período de 17 a 21 de setembro. Para isso, é necessário preencher o requerimento de isenção da taxa de inscrição (anexo III do edital) e um formulário socioeconômico (anexo IV do edital), que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer. O pedido será analisado pela Comissão Organizadora do Exame Classificatório e o resultado será divulgado no dia 26 de setembro.

Prova

A prova do Exame Classificatório será realizada no domingo, 16 de dezembro de 2018, das 8h às 12h (horário local). Os centros de aplicação poderão ser consultados a partir do dia 10 de dezembro. A prova contará com 60 questões, sendo 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O resultado final com o nome dos aprovados será divulgado no dia 16 de janeiro de 2019.

O “Reinado da Princesa” Maria Cecília, filha do casal Wallacy Monteiro e Ana Myrlla

Com o tema: “Reinado da Princesa”, o jovem casal Wallacy Monteiro e Ana Myrlla festejou o primeiro aninho da herdeira, Maria Cecília Matias Monteiro.

A festa foi pensada para marcar pelo bom gosto e sofisticação, além da alegria e felicidade dos papais e da princesa, Maria Cecília.

Entre amigos e parentes de Wallacy Monteiro e Ana Myrlla, somou-se 200 convidados na grande festa de aniversário.

O niver aconteceu no último domingo, dia 09 de setembro, no buffet Espaço Eugênio Monteiro. A luxuosa decoração foi assinada por Apimentada Rosa e equipe. Foi tudo impecável!

Já o delicioso e decorativo bolo, com 4 camadas, teve a assinatura de Tet Bolos. Os docinhos ficaram por conta de Ana Karine, que arrasou! Além dos doces personalizados que foram feitos por Maria Tatiane.

E como não poderia deixar de ser, Thicy Personalizados arrasou nas lembranças.


E uma bela festa precisa de muita luz, para o niver de Maria Cecília, a Lumiart não poupou esforços. Também, teve a segurança feita por Felinos Serviços e Proteção.

Além disso, não podemos deixar de falar que uma boa festa é aquela que os convidados são bem servidos. E os pais da aniversariante contrataram a poderosa equipe de garçons, O Machado e Cia.

Kassandra Kid’s Fest, simplesmente, deixou todos com água na boca ao servir suas deliciosas, batatas fritas, carne na chapa, pizzas no cone, mini pizzas, crepes, frutas ao chocolate, algodão doce, hot dog e muita pipoca.

Sorvetes de diversos sabores preparados pela Sorveteria Cremosa fizeram a festa da criançada, que também se divertiu com o Clube Anima Kids, vindo de Teresina. Dente os entretenimentos para a garotada tiveram várias brincadeira, danças, pinturas, competições entre outras narrativas.

Tudo isso foi registrado pelas lentes fantásticas do Estúdio Foto Pacífico, que fez vídeos e fotos. O ponto alto e emocionante foi retrospectiva da princesa aniversariante, Maria Cecília.

Wallacy Monteiro (sócio proprietário do empreendimento Kassandra Kid’s Fest) usou um look da Mabel Collection. Ana Myrlla e Maria Cecília festejaram com looks feito por Albetiza Noivo e Noivas. Elas usaram vestidos da temática mãe e filha. Simplesmente lindo!

Justiça manda tirar do ar pesquisa divulgada por Marden Menezes

Na pesquisa, o candidato aparece em 1º lugar na cidade de Piripiri; juiz detalhou que há multa diária no valor de R$ 1.000, em caso de desobediência

O Tribunal Regional Eleitoral determinou que o candidato a reeleição para deputado estadual, Marden Menezes, retire do ar pesquisa eleitoral divulgada pelo mesmo. Na pesquisa, Marden aparece em 1º lugar na cidade de Piripiri.

“Diante do exposto, CONCEDO EM PARTE o pedido de medida liminar para determinar ao representado que suspenda as postagens do instagram e facebook (…) no prazo de 24 (vinte e quatro) horas a contar do recebimento da intimação, devido à veiculação de propaganda eleitoral sem observância da menção à Coligação/legenda partidária, como dispõe o art. 6°, § 2º da Lei 9.504/97 e art. 7º da Res. TSE 23.551/2017”, explica o Juiz auxiliar José Gonzaga Carneiro, na decisão.

O juiz disse que verificou que está sendo realizada propaganda eleitoral em desacordo com o previsto em lei, vez que segundo o art. 6°, § 2º da Lei 9.504/97 e art. 7º da Res. TSE 23.551/2017, não é possível identificar nas peças publicitárias impugnadas o nome da Coligação e da legenda partidária do representado, às quais, independentemente da forma e da modalidade da propaganda, deverão sempre ser mencionadas. Compulsando os autos, concluindo, em juízo de cognição sumária, que as provas juntadas ao processo revelam a prática pelos representados de propaganda eleitoral irregular.

A ordem de retirada é imediata, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais). “Patente, também, o perigo na demora, uma vez que a falta de imediata providência para impedir a exibição da citada propaganda eleitoral poderá ocasionar danos aos demais candidatos”, colocou.

Fonte: PiripiriRepórter

III Salão do Livro, do CETI José Narciso abre inscrições

O III Salão do Livro, do CETI José Narciso, acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de setembro. O evento é uma ação do projeto: “A Leitura Acelera a Educação”, com o incentivo à leitura e a produção textual.

E para você que deseja aumentar ou está precisando de carga horária, para seu currículo acadêmico ou profissional, faça sua inscrição na secretaria do CETI José Narciso, com a professora Iluska Moreira, participe e receba o certificado de 30h.

Este ano, nosso grande homenageado será o escritor, pedrossegundense, Ernâni Getirana de Lima.

Investimento: R$ 20,00!

CETI José Narciso – Educação de qualidade!

Abertura: dia 27/09, às 17h30!

Local: CETI José Narciso;
Data: 27 a 29 de setembro;

Horários:
Manhã – 8h00 às 12h00;

Tarde – 16h às 21h;

Atrações:

Sessão de Autógrafos;
Balada Literária;
Palestras;
Roda de Conversa;
Oficinas;
Exposição de Arte;
Show Musical.
#SALIJONAR

Comitê da ONU reafirma que Lula tem direito de ser candidato

Órgão diz que estado brasileiro não pode invocar leis internas para evitar cumprir obrigações internacionais

Órgão diz que estado brasileiro não pode invocar leis internas para evitar cumprir obrigações internacionais
Por Leonardo Lellis access_time 10 set 2018, 16h45 – Publicado em 10 set 2018, 15h27 more_horiz

O Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas reiterou, nesta segunda-feira, que o Brasil deve garantir ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) o direito de disputar as eleições de 2018. O órgão reafirma o teor de sua decisão liminar de 17 de agosto e destaca que o estado brasileiro tem obrigação de cumprir sua determinação.

A manifestação é assinada pelos membros do comitê Sarah Cleveland e Olivier de Frouville. Eles foram consultados pela defesa do petista para esclarecerem a natureza das medidas provisórias emitidas pelo órgão. No documento, os dois afirmam que a decisão liminar está em vigor até que o mérito do pedido de Lula seja analisado ou o Comitê de Direitos Humanos decida de outra maneira.

“A carta explica que a falta de implementação de medidas provisórias é incompatível com a obrigação dos Estados de respeitarem de boa-fé os procedimentos do Comitê sob o Protocolo Opcional, e que os Estados não podem invocar as disposições de suas leis internas para evitar suas obrigações internacionais”, afirma nota do órgão.

Fonte: Veja

Trio é preso após tentativas de arrombamento e assaltos

Um trio aproveitou o horário em que estava chovendo, na noite desta segunda-feira (10) e arrebentaram uma porta ao lado de um estabelecimento próximo ao quartel da PM.

Eles arrebentaram um portão de uma oficina e tentaram fazer dois assaltos. Segundo as vítimas, eles estavam de posse de pedras e uma faca.

“Logo que fomos informados, estivemos no local, onde aconteceram os fatos, e nos deparamos com os elementos, que foram abordados e, após averiguação com as vítimas e confirmados como sendo os autores dos fatos ocorridos, foram conduzidos ao Distrito Policial”, explicou ten cel Erisvaldo Viana.

Adolescente estuprada oito vezes pelo irmão é presa por abortar

Uma adolescente de 15 anos estuprada pelo irmão de 17 foi condenada na Indonésia a seis meses de prisão por ter abortado. Já o irmão, deve cumprir uma pena de dois anos de prisão por agressão sexual a uma menor.

O porta-voz do tribunal Listyo Arif Budiman informou, nesse sábado (21/07), que a jovem foi condenada na última quinta-feira (19/07), na ilha de Sumatra. “A menina é acusada sob a lei de proteção de menores por ter abortado”, explicou a autoridade à AFP.

Os irmãos foram presos em junho após um feto ser descoberto em uma plantação na localidade de Pulau, na província de Jambi.

A Constituição da Indonésia só autoriza o aborto quando a gestação coloca a vida da mãe em risco, ou em alguns casos de estupro. No entanto, o procedimento deve ser autorizado judicialmente e realizado durante seis primeiras semanas de gravidez, na presença de um médico e de uma especialista em assistência psicológica.

O aborto da adolescente aconteceu seis meses depois de ficar grávida. Ela foi estuprada até oito vezes por seu irmão desde setembro do ano passado.

Na Indonésia, entre 30% e 50% das mortes de mulheres grávidas são por aborto, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), de 2013.

Fonte: Notícias ao Minuto

Aproveite as ofertas da semana do Aniversário 60 anos do Paraíba!

O aniversário é do Paraíba, más o presente é seu!

Serão sorteados toda semana vários prêmios e no grande sorteio final 10 carros 0 km e 50 caminhões cheios de produtos para você. Ao todo serão 1 milhão e meio de reais em prêmios. Consulte o regulamento.

Confira algumas ofertas:

TV LED 40” DE 1.816,00 POR 1.599,00 À VISTA;
PUFF SOCIMOL À VISTA 79,00 OU 1+5 DE 16,90;
SOFÁ RETRÁTIL 02 LUG. À VISTA 929,00 OU 1+11 DE 92,90;
SOFÁ 2/3 LUGARES CANTO À VISTA 1.179,00 OU1+11 DE 117,90.

 

Jove Oliveira prestigia festejo de Furnas

A jornalista e pré-candidata a deputada estadual, Jove Oliveira, esteve no povoado Furnas prestigiando os festejos daquela comunidade.

A celebração da missa foi do Frei Francisco Azevedo.

Lei institui no Rio o Dia de Luta contra Genocídio da Muher Negra

Data homenageia vereadora Marielle Franco, assassinada em março

O dia 14 de março, data em que a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, foram assassinados, vítimas de uma emboscada, no Estácio, centro do Rio, será incluído no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro como o Dia Marielle Franco – Dia de Luta contra o Genocídio da Mulher Negra. É o que determina a Lei 8.054/18, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial do Poder Executivo desta quarta-feira (18).

A lei estabelece que instituições públicas e privadas promovam debates e palestras na data, com o objetivo de incentivar a reflexão sobre o assassinato de mulheres negras no Brasil. Segundo o Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência de 2017, elaborado pela Secretaria Nacional de Juventude em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), a possibilidade de jovens negras de 15 a 29 anos serem mortas é o dobro da de brancas na mesma faixa etária.

Na justificativa do pedido, a deputada Enfermeira Rejane, autora do projeto de lei, lembra que Marielle foi uma mulher negra, mãe e cria da Favela da Maré que iniciou a militância em direitos humanos após ingressar no pré-vestibular comunitário e perder uma amiga, vítima de bala perdida, em um tiroteio entre policiais e traficantes no Complexo da Maré.

Eleita vereadora pelo PSOL, Marielle exercia o primeiro mandato na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Ela foi a quinta parlamentar mais votada na cidade e presidia a Comissão de Defesa da Mulher da Câmara Municipal.

O assassinato de Marielle e do motorista Anderson, que ainda não foi esclarecido, repercutiu internacionalmente e gerou protestos em diversos países.

Para a presidente da organização não governamental (ONG) Crioula, Lúcia Xavier, esta é uma homenagem justa, apesar de Marielle ter morrido, mas é também sinal de que as autoridades têm que estar cada vez mais comprometidas com o Dia das Mulheres Negras, por causa do grande número de mulheres e jovens negros assassinados no Estado.

Com a criação do Dia de Luta contra o Genocídio da Mulher Negra, Lúcia Xavier disse esperar que o governo do estado e a Assembleia Legislativa criem espaços, debates e ações que contribuam para apurar e punir esses crimes contra a população negra.

Por Agência Brasil

Não copie nosso conteúdo. Utilize um de nosso botões de link e ajude a divulgar o site.