Gelar Climatização de Ambientes – Ligue (86) 9999 6911

Na Gelar Climatização você conta com montagem e manutenção de ar split e ar condicionado de janela.

Gelar Climatização com reposição de peças e qualidade garantida.

Gelar Climatização de Ambientes – Localizada na Avenida Dirceu Mendes Arcoverde, Nº 90

 

Ligue – 9999 6911

Seu ar merece Gelar Climatização!

Rádio comunitária de Capitão de Campos é incendiada após queda de um raio na torre de transmissão

altUma rádio comunitária ficou totalmente destruída, após incêndio ocasionado pela queda de um raio que atingiu a torre do local. O fato ocorreu na tarde deste domingo (30) na cidade de Capitão de Campos durante um temporal.
 
Um raio caiu sobre a torre de transmissão da rádio comunitária Jovem Campos FM. O raio provocou um incêndio que destruiu todos os equipamentos e quase toda estrutura do prédio.
 
Aparelhos eletrônicos como: Computador, monitores, estabilizador, mesa de transmissão, microfone, cadeiras, sofá, dentre outros objetos foram destruídos pelas chamas.
 
O incidente foi percebido por populares e vizinhos que tentaram ajudar a conter as chamas que com extintores. Felizmente no momento do incêndio a rádio estava desligada e não havia ninguém no prédio. *Com informações Portal Brasileira.

Wilson Martins oficializa saída para dia 4, às 8h e que tira férias



O governador Wilson Martins (PSB) oficializou, de vez por todas, a sua saída do Governo do Estado para ser candidato a senador. Foi na manhã desta segunda-feira (31/03), durante a reinauguração do novo prédio da Secretaria Estadual de Saúde (SESAPI), localizada no Centro Administrativo, zona Sul de Teresina.

Ele disse que sai às 8h do dia 4 de abril, ou seja, na próxima sexta-feira. E que vai tirar umas férias de dez dias. 180 Graus
 

Piloto que salvou 44 passageiros da morte diz não se sentir herói!

O comandante Eduardo Verly, 45, da Avianca, diz que não se sente um herói menos de dois dias depois de ter feito um bem-sucedido pouso de emergência no aeroporto de Brasília e ter salvo a vida 44 passageiros que estavam a bordo. O incidente ocorreu na tarde da última sexta-feira (28), porque o trem de pouso não funcionou. A capacidade máxima da aeronave é de 100 pessoas

“Sei que as pessoas estão me achando herói, mas não sinto um herói. Dou risada quando ouço porque acho engraçado. Mas sou uma pessoa normal, que foi treinada e seguiu todos os procedimentos em casos assim.”

A “ficha”, segundo o comandante, só caiu no hotel, mais de duas horas depois de o Fokker-100 da Avianca em que estava ter aterrissado sem o trem de pouso dianteiro na pista de Brasília -ninguém se feriu no acidente.

Católico não praticante, disse que “conversou bastante” com Deus depois que tudo acabou bem. “Tenho que agradecer pela frieza, pela calma e pelas tomadas de decisão. Mas na hora, dentro do avião, não pensei em nada.”

“Tudo que veio na minha cabeça foi tudo aquilo que a gente sempre treinou e sempre fez no simulador e eu nenhum momento eu pensei em cair. Enquanto o avião tiver asas mesmo que ele perca os motores ele vai planar”, destacou o comandante Eduardo Verly.


Na hora, diz, o “pouso foi o mais manteiga da minha vida” –”pouso manteiga” é um pouso suave, no jargão da aviação. De acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira), o piloto informou o problema à torre de comando às 17h05 e pousou às 17h55.

A pista onde o avião pousou –há duas no aeroporto– só reabriu três horas depois.

Antes do pouso forçado, Verly foi obrigado a gastar o combustível do avião, para a aeronave aterrissar de maneira mais leve e reduzir a velocidade do pouso e o risco de explosão. Para tal, voou sobre Brasília por 50 minutos.

Durante esse período, o piloto declarou à tripulação e passageiros que faria um pouso de emergência. Em terra, equipes do Corpo de Bombeiros ficaram de prontidão para despejar espuma sobre a pista. O procedimento reduziu o atrito do avião com o solo.

Os passageiros foram retirados por escorregadeiras infláveis acionadas nas duas portas dianteiras do avião.

A FAB considera que, diante da emergência, o pouso foi satisfatório. Ao aterrissar, o avião tocou o solo primeiro com o trem traseiro.

Ninguém se feriu, segundo a Avianca e a concessionária Inframérica, que administra o aeroporto de Brasília. O copiloto teve dores na coluna. Ele foi atendido em um hospital na capital federal.


O Fokker-100 acidentado, prefixo PR-OAF, fez o primeiro voo em 1992 e está na Avianca desde 2006. O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) irá apurar o acidente. Entre as possibilidades estão falha hidráulica, elétrica ou mecânica.

O órgão disse que não tem prazo para concluir a investigação. Em nota, a Avianca disse que o pouso foi seguro e que prestou assistência aos passageiros. 180 Graus

 

Jôve Oliveira é apontada em pesquisa Data AZ para Deputada

Em recente pesquisa realizada pelo instituto de pesquisa Data AZ, a Piripiriense, Jôve Oliveira, é lembrada espontaneamente em dois cenários, para Deputado Estadual e Federal.

 altalt

alt
alt

Acidente envolvendo carro, caminhão e animal, tira a vida de jovem na BR-343

alt

O jovem Igor Albuquerque Pereira, 21 anos, funcionário da Secretaria Municipal de Saúde da cidade de Buriti dos Lopes morreu em um grave acidente de trânsito na noite desta sexta-feira (28), por volta das 20h10, na BR-343 na altura do Km 55 no município de Buriti dos Lopes.

alt
 
Segundo informações preliminares, a vítima trafegava em um carro modelo Fiat Siena, com placas de Piripiri – PI, sentido Buriti dos Lopes/Teresina quando bateu numa vaca parada no meio da rodovia e ao perder o controle do veiculo bateu em um caminhão carregado de frutas que trafegava com destino à cidade de Parnaíba. O corpo do jovem ficou preso nas ferragens e o Corpo de Bombeiro teve muito trabalho para tirá-lo do veículo. O animal morreu com a pancada e o caminhão tombou ficando de pneus pra cima.

altalt

O motorista do caminhão de placa NNA-6992 / Brejo – MA identificado como Antonio Roberto Nascimento de Sousa, 35 anos residente na cidade de Tianguá – CE saiu ileso do acidente.
 
No veículo conduzido pela vitima fatal estava ainda sua namorada identificada como Maria dos Remédios Carvalho de Matos, universitária do curso de Psicologia que sofreu vários ferimentos e foi socorrida pela SAMU de Buriti dos Lopes e conduzida até o HEDA em Parnaíba.
Portal Boca do Povo

 

Wilsão gasta mais com propaganda do que com educação. Ô VERGONHA!

alt 

O valor de 31,2 milhões de reais. Foi “só” isso que o Governo do Estado do Piauí gastou em propaganda no ano de 2013. A observação é do jornalista e professor Daniel Solon, pré-candidato ao governo pelo PSTU.
‘Isso é para que a gente acredite que vivemos em um Piauí dos sonhos, o tal do Novo Piauí. Na conta, entram contratos com jornais, portais, rádios, TVs, pagamento de agências etc… E olha só uma coisa curiosa: a previsão de gastos com publicidade, no início de 2013, era de 7 milhões de reais, o que já era muito dinheiro, frente aos problemas que temos de falta de água, saneamento, sucateamento de escolas e hospitais, arrocho do funcionalismo público…’, pontua Daniel Solon, que alega ter pouco espaço na mídia, diante do verdadeiro derrame de dinheiro público para os veículos fazerem anúncios de interesse do governador Wilson Martins.
No Facebook, o jornalista político Claudio Barros comentou a denúncia de Daniel Solon: ‘Sou um jornalista que gosta de olhar números. Por isso desde a semana passada estou olhando o Balanço Geral do Estado do Estado. Nele fiquei sabendo o seguinte: que a área de comunicação social do Governo do Piauí teve uma dotação orçamentária inicialmente prevista em R$ 8.227.920,00. Esse valor foi depois ajustado para R$ 31.686.920,00. Em novembro e dezembro do ano passado (2013) foram aplicados nesta atividade, R$ 7.110.515,90. As despesas empenhadas até dezembro do ano passado chegaram a R$ 31.500.353,03 e o que efetivamente foi pago atingiu R$ 31.233.009,67. Comunicação Social foi a área onde o governo aplicou recursos com mais eficiência: 98,5% do previsto foram liquidados’.
Daniel Solon prossegue dizendo que ‘inicialmente, o governo previu investir na Uespi mais de R$ 152,6 milhões para 2013. Acabou executando pouco mais de 108 milhões, segundo o relatório do próprio governo. Ou seja, uma parte do dinheiro que deveria ser aplicado na efetivação de novos professores e técnicos, melhorias gerais nos campi bibliotecas, laboratórios, assistência estudantil, melhores salários para servidores, acabou bancando a propaganda do Novo Piauí do governo Wilson Martins’.
O Governo do Piauí ainda não se posicionou sobre a denúncia.
 
Fonte:portalai5.com@gmail.com
 

Confira o que foi destaque no Jornal do Meio Dia

 alt
altaltalt

Sete trabalhadores de Barras são resgatados de obra em São Paulo

alt
Sete trabalhadores de Barras foram resgatados em operação Central Sindical e Popular – Conlutas em trabalho análogo à escravidão em uma obra de uma escola na zona Sul de São Paulo. A denúncia divulgada em vídeos e fotos no site do Conlutas, é de que todos trabalhavam sem registro na carteira profissional, sem direitos recolhidos e sem pausas para descanso. As obras são da Escola de Ensino Fundamental Cortegaça, localizada no Capão Redondo e a responsabilidade é da prefeitura.


Segundo a CSP, Atnágoras Lopes, membro da  Secretaria Executiva Nacional chegou a procurar a Superintendência Regional do Trabalho (SRT), mas não foi recebido. A CSP, alega que por “omissão dos órgãos competentes, e da pressão dos trabalhadores que relataram ameaças de morte”, eles tiveram que ser resgatados na manhã da última quarta-feira (26) pela própria Central.

“Nós só queremos voltar ao Piauí, receber nossos direitos e poder estar em segurança. Tem um rapaz que pega carona com o gato todo dia para ir à obra. Ele mostra a pistola embaixo do banco e diz que usa a arma para resolver os problemas mais arriscados. Quando pedimos folga, ele diz ‘só vai descansar quando morrer’”, diz Antônio Francisco do Nascimento, um dos pedreiros da obra, em vídeo entregue por eles mostrando a precariedade do cômodo que abrigava os sete.

A princípio eram nove os funcionários vindos de Barras. Um deles, Paulo Ricardo Neto da Silva, de 30 anos, adoeceu e foi mandado ao Piauí pelo gato – atravessador que faz a contratação de forma fraudulenta para as empresas – da empreiteira subcontratada para a obra. O pedreiro foi despachado na rodoviária sem nenhum tipo de encaminhamento médico e sem sua carteira profissional. O outro, Francisco Gama de Lima, de 26 anos, decidiu ir embora após 15 dias de trabalho. A maioria havia chegado a São Paulo no dia 25 de janeiro.

Os trabalhadores foram ouvidos pela Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra a Liberdade Pessoal e, após as primeiras medidas de urgência, a denúncia deve voltar aos órgãos trabalhistas responsáveis, e segundo o Conlutas, uma nova conversa deve ser agendada na SRT.
 

População prende e agride acusados de assalto


 
A população do bairro Alto Alegre, zona Norte de Teresina reclama da falta de segurança no bairro e relata constantes assaltos nas proximidades. No ano passado dois assaltantes foram rendidos pelos moradores após supostamente tentarem roubar uma moto e o celular de uma vítima.

Após serem imobilizados, a dupla foi agredida pelos populares até a chegada da Polícia. As imagens foram parar no Youtube na última quarta-feira (26). “Eu concordo com o que foi feito porque é consequência da insegurança que vivemos aqui. E hoje as próprias pessoas tem que se proteger. Aqui temos constantes assaltos”, contou o taxista José Milton e Araújo.

O fato aconteceu na rua Leônidas Francisco Rodrigues Filho. A diarista Alzira Félix contou que trabalha há 25 anos no local e quase todos os dias houve histórias de assaltos e roubos. “Os bandidos agem entre 14h e 14h30, quando as pessoas estão saindo pra trabalhar. Levam bolsa e celulares. Já estamos com muito medo de sair de casa.”, contou a diarista.

Na mesma rua, a aposentada Osvaldina Rocha, foi vítima de violência na sua própria casa. Um bandido invadiu a residência, rendeu a idosa, a amarrou, roubou o dinheiro que havia em uma gaveta do guarda-roupa e saiu deixando ela no banheiro. “Ele ainda levou minha aliança de casamento e eu passei quase uma hora pra conseguir me soltar e pedir socorro. Esse mesmo rapaz assaltou outras cinco casas da redondeza. Pelo trauma, hoje tenho medo de ficar sozinha”, disse a aposentada.

O coronel Baltazar Rodrigues, comandante do 9º Batalhão, reafirma que a Polícia não recomenda reagir durante assaltos e nem fazer justiça com as próprias mãos. “Geralmente quem assalta está atrás de alguma coisa pra comprar droga. Não tem a mínima precaução, fazem de qualquer forma. As vezes a vítima reage e dá certo, mas a probabilidade de não dar é muito grande. Além disso se fizermos justiça com as próprias mãos, que legado deixaremos para os nosso filhos. As pessoas tem que registrar a queixa e aguardar a Polícia”, disse o comandante.
Fonte: Cidade Verde
 
Não copie nosso conteúdo. Utilize um de nosso botões de link e ajude a divulgar o site.