Briga de amigas em prostíbulo termina com uma mulher morta


 
Crime ocorreu no centro do município de União, na tarde desta quinta-feira (27). Vítima foi morta a facadas.
Uma discussão entre duas mulheres em um prostíbulo do município de União, distante  59 km de Teresina, resultou na morte de Cleidiane Alves dos Santos, conhecida como Maninha, na tarde de ontem (27).

A vítima foi atingida com várias facadas, sendo um golpe fatal acima do peito. A principal suspeita foi identificada como Dayana Cristina Rodrigues, 28 anos, que a pesar de presa, 20º Distrito Policial, nega as acusações. 

“No local onde ocorreu o homicídio é constante a briga de usuários de drogas e de mulheres por clientes. A briga teria começado dentro do prostíbulo e a morte já ocorreu do lado de fora do local. A Dayana nega que seja autora do homicídio, mas testemunhas já disseram que ela teria envolvimento”. conta o delegado de União, Júlio Lima.


 
O crime ocorreu por volta das 15h30 e no início da noite, Dayana Cristina foi presa por policiais militares, quando tentava se esconder em residências da região. Maninha teve morte imediata e o corpo continua no Instituto Médico Legal de Teresina, aguardando identificação por familiares. 

Fonte: Cidade Verde

 

Comerciante tem a cabeça esmagada após cair de moto



O jovem identificado como Eldon José Alves Ferreira, 28 anos, teve a cabeça esmagada em acidente de trânsito na tarde desta quarta-feira (26). A vítima era natural do município de José de Freitas, a 48 km de Teresina, e residia no estado do Amazonas, onde morava e trabalhava comerciante.

De acordo com informações da família, Eldon José pilotava uma motocicleta, quando caiu em frente ao residencial Tapajós, zona norte de Manaus, e foi atropelado por um veículo.

“Ele estava em uma moto e foi desviar de um carro. Neste momento, acabou batendo em um caminhão, que estava estacionado na avenida de forma irregular, e caiu na pista, quando teve a cabeça esmagada por outro carro que passava no local”, relatam familiares. 



 
Segundo testemunhas, Eldon José trafegava sem capacete e em alta velocidade, quando perdeu o controle da moto na pista molhada e colidiu com um caminhão.

O corpo do comerciante foi transferido para o Piauí, para ser sepultado na localidade Carimã, zona rural de José de Freitas.
Fonte: Cidade Verde
 

Família encontra bebê morto em berço e IML comprova asfixia



O corpo de um bebê de quatro meses de idade deu entrada no Instituto Médico Legal, vítima de asfixia. O bebê foi atendido no hospital Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi, zona norte de Teresina. 

Segundo a direção do hospital, o bebê já chegou sem vida, com as extremidades frias e a pele roxa. Familiares informaram a direção que o bebê foi encontrado pendurado no berço pela cabeça.
A asfixia pode ser provocada, segundo o médico pediatra Sandro Alex Sertão, por causa mecânica. Neste caso, o bebê estava no berço. O pediatra ressalta que é necessário sempre manter a vigilância.

“Você pode colocar travesseiros para evitar que o bebê se vire demais no berço. Mas isso tira a movimentação dele e atrapalhar o sono, ele fica irritado. O melhor é deixar as grades do berço protegidas e manter a vigilância, observar a todo momento”, afirma.

Também é recomendado que a criança seja deitada de barriga para cima para evitar casos de morte súbita e sempre, após as mamadas, deixar a criança arrotar antes de colocá-la deitada. “Na morte súbita, a criança aspira o leite, obstrui a via aérea e morre. O leite passa para as vias aéreas e não tem jeito”, relata. 

Veja a nota da direção do hospital

“A Direção do Hospital Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi, informa que o bebê de 4 meses, Levi Ezequiel da Silva, chegou morto ao hospital às 16h20, desta quarta-feira, 26. O corpo estava sem batimentos cardíacos e sem respiração, com as extremidades frias e cianótico (pele roxa).

O médico de plantão tentou a reanimação e ainda foi feito um eletrocardiograma que comprovou a morte da criança.

O bebê foi levado por parentes que informaram que a criança foi encontrada pendurada no berço pela cabeça. A Direção do Hospital lamenta o ocorrido.”

Fonte: Cidade Verde

 

Após derrota em casa técnico do 4 de Julho avalia ‘Faltou competência’

O 4 de Julho mudou o treinador, renovou alguns peças e teve uma postura mais ofensiva na estreia do segundo turno do Campeonato Piauiense, mas … assim como no primeiro turno, a equipe não conseguiu sair de campo com uma vitória. Para o técnico Luís Miguel, faltou competência ao elenco doColorado na derrota por 1 a 0 para o Barras na última quarta-feira (26).

Durante os 90 minutos, o 4 de Julho criou mais que o adversário, mas não conseguiu ser preciso nas finalizações. E, no final do primeiro tempo, em uma cabeçada de Thiaguinho garantiu a vitória do adversário. Ao Colorado, restou a lamentação. 

– Dominamos o jogo, criamos mais, mas não conseguimos vencer. Não vou dizer que faltou sorte, mas que nos faltou competência – analisa o técnico Luís Miguel. 


Depois da estreia com derrota, o 4 de Julho volta aos treinos na tarde desta quinta-feira (27) pensando no próximo adversário. No sábado (29), a equipe vai a Floriano onde enfrenta o Cori-Sabbá no Estádio Tibério Nunes pela segunda rodada do returno do estadual. 
Fonte: G1
 

Cliente diz que foi chamado de ‘idiota’ em SMS enviado pela operadora Oi



O analista judiciário Valdemir Gomes Soares, de 53 anos, afirma que foi chamado de ‘idiota’ e ‘imbecil’ após buscar suporte técnico para seu celular na Oi. Ele conta que ligou para a central de atendimento, na última segunda-feira (24), na tentativa de resolver um problema que ele acreditava ter em sua linha telefônica, mas recebeu em seguida a mensagem de SMS ofensiva da operadora
O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Oi, mas a companhia não se pronunciou até a publicação desta reportagem.

Valdemir diz que ligou para a operadora, pois precisava de ajuda porque, quando tentava fazer uma ligação, ouvia uma mensagem de outra operadora informando que aquele número não existia. “No fim das contas, depois que já tinha encerrado a ligação, vi que eu mesmo estava digitando o número errado. Mas isso não justifica a ofensa”, afirmou ao G1.

Ele lembra que, em determinado momento da ligação para a central, a atendente que tentava resolver seu problema questionou se ele estava falando do mesmo telefone para o qual queria atendimento. O analista confirmou a informação e, minutos depois, encerrou a chamada.

Logo em seguida, antes de receber a mensagem ofensiva, recebeu um SMS informando o número de protocolo do atendimento. Depois, recorda-se, veio o xingamento também por meio de mensagem, alegando que o cliente não estava com problema, pois ele estava usando o aparelho para falar com a central de atendimento.
Valdemir adianta que já pediu o arquivo contendo a gravação da conversa e que a empresa se comprometeu a enviar o material em até dez dias, prazo estipulado por lei. Ele diz pretende entrar com ação na Justiça por danos morais.
Fonte: G1
 

Arqueólogas acham ossada de criança de 3.500 anos no Piauí



Com 129 mil hectares, o Parque Nacional da Serra da Capivara no Piauí reúne a maior quantidade de sítios pré-históricos do continente americano e o maior número de pinturas rupestres do mundo. Recentemente, pesquisadores da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham) encontraram um cemitério com 12 ossadas humanas com cerca de 3.500 anos em um dos cerca de 800 sítios arqueológicos do Parque, distante 540 quilômetros de Teresina. Os corpos foram enterrados em urnas funerárias e sepulturas simples, sendo que a maioria das ossadas pertence a crianças, segundo a arqueóloga Tânia Santana.

O início da descoberta se deu em março de 2013 quando um grupo de arqueólogos estava preparando mais 10 sítios para visitação, quando se depararam com indícios da primeira ossada, a de um menino que tinha aproximadamente um ano quando foi enterrado.

“Deixamos a Toca do Gongo 3 (local onde foi achado o cemitério) por último já imaginando que lá encontraríamos algo mais interessante, visto que o trabalho realizado na década de 1970 na Gongo 1 já tinha histórico de enterrados. Primeiro encontramos o esqueleto de uma criança e depois mais quatro ossadas. Fizemos uma escavação em laboratório e agora estamos com os restos desse menino. Terminado ele, ainda temos mais seis para escavar”, relatou Tânia Santana.

As outras seis ossadas estão em urnas funerárias e serão trabalhadas em laboratório. A expectativa é encontrar mais enterramentos na Gongo 3. “Encontramos 12 sepulturas em uma área de 11 metros de cumprimento por quatro metros de largura. Ainda temos 39 metros para serem explorados e acredito que vamos achar mais. Paramos a escavação lá por enquanto, pois já temos muita coisa para trabalhar em laboratório”, afirmou a arqueóloga dizendo ainda que o trabalho em laboratório deve durar pelo menos mais seis meses.


 
A descoberta desse cemitério gera repercussão, pois são poucos os registros de sepulturas na Serra da Capivara. Com o novo material coletado, os pesquisadores poderão realizar trabalhos comparativos com dados colhidos em outros sítios arqueológicos e assim descobrir se aquele grupo enterrado é o mesmo que viveu em outras regiões do parque.

“Poderemos saber a cultura deles, o que eles produziam e ferramentas que usavam. Vamos entender também suas práticas funerárias porque uns usavam urnas e outros não. Além disso, vamos comparar os dados com outros grupos e saber quanto tempo essa prática (rito fúnebre) perdurou”, explicou a arqueóloga Adriana Almeida.

Além das ossadas, foram encontrados vários materiais líticos, rochas e minerais que podem ter sido usados de diversas maneiras, que foram coletados e catalogados no laboratório da Fumdham.

“Fazemos um estudo prévio no qual catalogamos as características do material e colocamos todas as informações em um banco de dados. Depois os especialistas irão definir do que se tratam as rochas encontradas. Os objetos no Gongo 3 são variados e podem ser de machadinhas, pedras para raspar, cortar, bater etc”, conta Annelise Silva Neves, coordenadora do Laboratório de materiais líticos da fundação.



Mais antigos habitantes

O Parque Nacional da Serra da Capivara está em uma área espalhada pelos municípios de Canto do Buriti, Coronel José Dias, São João do Piauí e, principalmente, São Raimundo Nonato. Estudos realizados desde a década de 1970 confirmaram que a presença do homem na Serra da Capivara data de 50 mil anos, os mais antigos registros descobertos na América até o momento.

Sua utilidade podia ser das mais diversas, tais como machadinhos, pontas de lança, moedores de alimento, lascas para corte de carne, couro etc. O material servia até para confecção de símbolos.

Fonte: G1
 

Feira mundial traz projetos de automação e robótica para Teresina



O evento mundial de automação e robótica vai ser realizado neste sábado (29) emTeresina, no Instituto Federal do Piauí. Pessoas apaixonadas por tecnologias vão se reunir para compartilhar experiências por todo o mundo.

A ação vai fazer parte das comemorações de 10 anos de desenvolvimento da Plataforma Arduino, que permite a ampliação do controle de sistemas interativos de baixo custo.

“O evento vai ser realizado no mundo inteiro. Os participantes devem estar juntos pelo mesmo propósito, que é compartilhar experiências e ajudar pessoas a fazerem seus projetos”, explicou Airton Branchi, pró-reitor de pesquisa e inovação.

Podem participar da ação todas as pessoas interessadas em tecnologias. Na programação está prevista a realização de palestras, apresentação de projetos, oficinas para o público infantil, jovem e adulto.
Fonte: G1
 

Idosa é vítima de homicídio em Carnaubal

alt 

Foi encontrado na manhã de hoje (27/04) na Rua Wilson de Melo Aguiar, na cidade de Carnaubal, o corpo de Cândida Maria, mais conhecida pelo nome de Candinha. Segundo o Cabo Meneses da Polícia Militar de Carnaubal, ao chegar no local do crime populares já tinham entrado pensando que a idosa estava apenas desmaiada já que vizinha a chamava e ela não respondia. Segundo o Cabo Meneses, em momentos como esse, a primeira atitude é chamar a polícia. As informações da Perícia, confirma que a idosa foi esfaqueado no pescoço. Seu corpo foi conduzido para o IML de Sobral.
A Polícia trabalha com uma linha de investigação, algumas pessoas já foram detidas suspeitas da morte de Candinha. Carnaubalnews.
 

Informativo do SINTE Regional de Piripiri

alt 

Confira o que é destaque no Jornal do Meio dia

 alt

alt

Não copie nosso conteúdo. Utilize um de nosso botões de link e ajude a divulgar o site.